Mostrando postagens com marcador chocolate. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador chocolate. Mostrar todas as postagens

sábado, 31 de outubro de 2015

brigadeiro de creme de ricota

ingredientes:
150 g de creme de ricota light ou não - utilizei da polenghi
1 colher/sopa rasa de manteiga 6 colheres/sopa de leite em pó desnatado ou integral
3 colheres/sopa de chocolate em pó diet ou chocolate natural ou o chocolate do padre - utilizei o chocolate natural 100% puro
5 colheres/sopa rasas de açúcar diet para forno e fogão - aconselho adicionar aos poucos, mexer a mistura, e experimentar

preparando:
coloque o creme de ricota, o leite em pó, o chocolate e o açúcar em uma panela média.
misture bem. leve ao fogo brando, sempre mexendo, até soltar do fundo, tal e qual o brigadeiro convencional.

dica: faça strogonof com o creme de ricota light. abracadabra et, voilà!!!









crédito da imagem: divulgação/polenghi

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

rabanadas de chocolate, com calda de morangos frescos

são de enlouquecer estas rabanadas de chocolate com calda de morangos frescos. enfim, realmente, não pode dar errado alguma receita que combine chocolate, e morangos.

ingredientes para a rabanada:
5 ovos grandes
1 xícaras/chá de leite
1 colher/sopa de açúcar
1 colher/chá de essência de amêndoas ou de essência de baunilha - a de amêndoas dá um sabor diferente
1/2 colher/chá de sal
3 colheres/sopa de manteiga sem sal
8 fatias de pão com, pelo menos, 1,5cm de espessura cada uma
150 g de chocolate meio amargo, ralado

ingredientes para a calda de morangos:
1 xícara de morangos frescos, sem os cabinhos verdes
3 colheres/sopa suco de suco de limão siciliano - use menos limão se não quer o sabor limão ... mas devo avisar que, a combinação de morango e limão é ... perfeita!!!
1/4 de xícara/chá de açúcar demerara
açúcar de confeiteiro ou demerara pra polvilhar - opcional

preparando as rabanadas:
em uma tigela larga/espaçosa, bata os ovos em ponto de espuma, depois acrescente o leite, o açúcar, a essência de amêndoa/baunilha e o sal. misture bem.
derreta a manteiga em uma frigideira antiaderente grande, em fogo médio/alto, sem deixar queimar.
deposite quatro fatias de pão na mistura do ovo, até embeber.
imediatamente coloque as quatro fatias sobre a manteiga derretida da panela.
polvilhe cada fatia com o chocolate ralado.
mergulhe os últimos quatro pedaços de pão na mistura do ovo, e coloque-os sobre o chocolate das fatias que estão na frigideira, montando um sanduiche.
pressione suavemente com uma espátula para ter certeza as fatias aderem umas às outras.
abaixe o fogo e deixe cozinhar em média cerca de 4 minutos de cada lado.
uma vez terminado, retire da panela.

preparando a calda de morangos:
em um liquidificador, bata os morangos, o suco de limão e o açúcar.
coloque um bocado da calda sobre cada rabanada.
salpique açúcar de confeiteiro sobre elas - isto é opcional.
decore cada rabanada com um morango - este pode ficar com o cabinho.

use a imaginação!!! invente!!! exagere!!! divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

domingo, 2 de junho de 2013

bolo de chocolate, sem leite, e com cobertura de chocolate

receita de bolo sem adição de leite, batido com água fervente ... muito bom e fácil de fazer ...

ingredientes/massa:
3 xícaras - chá - de farinha de trigo
2 xícaras - chá - de açúcar
1 xícara - chá - de chocolate em pó, ou achocolatado
2 xícaras - chá - de água fervente
1 colher - chá - de fermento químico em pó
1 colher - chá - de bicarbonato de sódio
1 xícara - chá - de óleo
2 ovos ligeiramente batidos

ingredientes/calda:
1/2 xícara - chá - de água
6 colheres - sopa - de açúcar
2 colheres - sopa - de chocolate em pó ou achocolatado
1 colher - sopa - de raspas da casca de laranja
1 colher - sopa - de manteiga

preparando a massa:
unte uma assadeira retangular - 22 cm x 33 cm - com óleo.
pré-aqueça o forno em temperatura média-alta.
em um recipiente, misture a farinha de trigo, o açúcar, o chocolate em pó/achocolatado, o fermento e o bicarbonato peneirados.
junte o óleo, os ovos e a água fervente, misturando bem.
despeje a massa na assadeira, e asse por cerca de 25 minutos ou até que o palito espetado na massa, saia limpo.

preparando a calda: em um panela misture todos os ingredientes, e leve ao fogo baixo, deixando ferver até obter uma calda grossa. retire do fogo e espalhe sobre o bolo ainda quente. deixe esfriar, e corte em quadradinhos.

obs.: originalmente este bolo é feito com chocolate em pó, o do frade, mas nada impede que ele seja feito com achocolatado, caso você não tenha o chocolate.

abracadabra et, voilà!!!

quinta-feira, 16 de maio de 2013

bolo de chocolate com farinha de arroz

além da farinha de arroz, sem glúten, este bolo é feito com água no lugar do leite ... uma alternativa valiosa pra quem tem intolerãncia ao glúten, e/ou à lactose, ou queira, simplesmente, mudar hábitos.

o glúten, substância encontrada no trigo, no centeio, na aveia e na cevada, está presente em nossa alimentação, de maneira abrangente. médicos e especialistas dizem que, ao chegar no intestino, o glúten transforma-se em uma espécie de cola grudando nas paredes intestinais.
com o passar do tempo, provoca saturação do aparelho digestivo, aumento da gordura na região do abdomem, dores articulares, alergias cutâneas e, até, depressão.

a resposta do corpo a esta agressão é: obesidade, síndrome de resistência à insulina, deficiência de cálcio, alergias, diarréias e doenças auto-imunes. os chineses consideram o excesso de glúten, sinal de má higiene interna já que o metabolismo emperra, favorecendo bactérias que gostam de calor e estagnação.
a farinha de arroz não contém glúten. sendo assim ... palmas pra ela!!!

ingredientes:
3 ovos
1 xícara - chá - de açúcar
1/2 xícara - chá - de óleo
1/2 xícara - chá - de achocolatado
1 xícara - chá - de água fervente
1 colher - sopa - de fermento em pó
1 xícara - chá - de farinha de arroz

preparando:
unte uma forma com óleo e farinha de arroz - se quiser, mistura à farinha, castanha de cajú moída.
aqueça o forno em temperatura média ... homem, mulher e fogão, cada um sabe do seu.
bata os ovos com o açúcar, o óleo e o achocolatado.
junte a água quente e deixe esfriar. acrescente os demais ingredientes, misturando bem, e leve ao forno por cerca de 40 minutos.
espere amornar, desenforme, e deixe escorrer sobre ele uma receita inteirinha, de brigadeiro mole.

divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

sábado, 23 de junho de 2012

bolo de 1 ovo

a presença de guloseimas em festas tem origem, provavelmente, nas festanças dos deuses na grécia antiga.
o bolo de aniversário, por exemplo, contam por aí, apareceu graças à deusa da fertilidade, artemis. uma mistura de pão com mel, em formato de lua, era levada a ela pelos fiéis, em éfeso, uma antiga colônia grega, onde hoje é a turquia.
outra história diz que o bolo de aniversário teve origem na alemanha medieval. era costume preparar uma massa de pão doce no formato do menino jesus no natal. mais tarde, o costume foi adaptado para as festas de todas as crianças.

a receita deste bolo simples e fácil de preparar, com apenas um ovo, resulta numa delícia muito fofa, pode ser utilizada em bolos de aniversário, e se presta a ser considerada econômica ou salvadora da lavoura, dependendo do ponto de vista.
quem nunca sentiu vontade de fazer um bolo, abriu a geladeira, e não encontrou ovos???

como uma coisa puxa a outra, eu pergunto: existe doce delícia melhor do que o brigadeiro, uma invenção autenticamente brasileira???
o brigadeiro combina com tudo, a qualquer hora, e é conhecido fora do brasil, como a trufa brasileira.
chamado de negrinho – conhecido assim, até hoje, lá pelos pampas gauchescos – diz a lenda que foi inventado depois da segunda guerra mundial - 1939/1945.
por que brigadeiro??? faltava-lhe um nome, então, quem esteve lá, conta que ele foi batizado assim, durante a campanha eleitoral do brigadeiro eduardo gomes.
o slogan era ... vote no brigadeiro, que é bonito e é solteiro!!!

receita original do brigadeiro:
1 lata de leite condensado
1 colher de sopa de manteiga
4 colheres de sopa rasas de chocolate em pó
2 gemas - gemas, sim!!! o brigadeiro original era feito com ovos

conheça, aqui, a história e a etimologia do brigadeiro


ingredientes do bolo:
1 ovo
7 colheres - sopa - de açúcar
2 colheres - sopa - de manteiga - use manteiga, de preferência, porque o sabor fica especial
11 colheres - sopa - de farinha de trigo
1 copo de leite
5 colheres - sopa - de achocolatado - pode usar chocolate em pó, mas o achocolatado deixa mais fofinho
1 colher - café - de sal
1 colher - sopa - de fermento químico em pó

preparando:
untar com óleo ou manteiga, e enfarinhar com farinha de rosca, uma forma de buraco no meio.
aquecer o forno a 180 graus.
bater no liquidificador, todos os ingredientes, menos o fermento. depois de bem batido e misturado acrescentar o fermento, bater mais um pouco, e despejar na forma untada.
levar ao forno pré-aquecido, por aproximadamente 40 minutos, ou até dourar - já sabe: forno e marido/mulher cada um sabe do seu.


ao retirar do forno, espere um pouco, desenforme, e cubra com uma receita de brigadeiro mole e, se quiser, enfeite com confeitos coloridos ou de chocolate.

dica da dona do blogg: proceda normalmente conforme a receita de brigadeiro que você conhece, mas eu faço um brigadeiro, mole ou pra enrolar, com uma lata de leite condensado, e duas medidas da própria lata, de leite de vaca preparado com leite em pó. esta proporção faz com que o brigadeiro dure muito mais, sem perder a consistência original, não açucara nem endurece, e o leite em pó deixa mais macio.

abracadabra et, voilà!!!
requeri/regina claudia

domingo, 24 de outubro de 2010

sozinha (o) ou acompanhada (o), faça uma festa, faça um bolo

mais uma receita de bolo que não leva farinha de trigo.

e quando não há comemoração que transforme um bolo em festa, a gente fica sem ele??? claro que não!!!
pensar nele, conferir ingredientes, imaginá-lo pronto, salivar só de lembrar, já são motivos suficientes pra festejar a saída triunfal de um bolo, de dentro do forno.
ele nem precisa começar por aquele creme do açúcar batido, agregado às gemas e à manteiga, tudo recebendo a pureza da farinha, integral ou não, e por fim as claras em neve, e o fermento. todo mundo junto, batido no liquidificador, é uma iniciativa rápida e eficiente. basta que seja realizada com dedicação e disposição. ter vontade de fazer um bolo, já é razão de sobra pra uma enorme festa.
os sabores, os cheiros, a lambança, o prazer, são como convidados chegando, caso você esteja sozinha (o).
e, se na hora de servir, ele estiver lambuzado por algum creme, sorvete ou rodeado por pedacinhos de frutas frescas e/ou secas??? aí sim!!! é o momento de infinito encantamento.

o bolo, diz a lenda, tem origem entre os deuses da grécia antiga, como homenagem a artemis, deusa da caça na mitologia grega. nos bolos feitos em sua homenagem eram colocadas velas como representação do luar.
por outro lado, dizem que o bolo foi criado no egito antigo e os romanos e gregos lhe deram uma feição de festa que foi determinada no renascimento.

quando chegou à alemanha - idade média - os campesinos festejavam o aniversário das crianças, ao raiar do dia, levando à cama dos filhos bolos com velinhas acesas para que eles apagassem ao acordar. isso não significa dizer que o número de velas correspondia ao número de anos do aniversariante. o bolo tinha, sempre, uma velinha a mais, como representação de continuidade da vida.

seu formato, tamanho, foram ganhando significado no decorrer do tempo.
reis e rainhas foram as cobaias que ajudaram a sacramentar a existência do bolo como objeto fundamental das festas, mormente, dos casamentos.
seja como for, de lá pra cá, ele impera como o d'us das comemorações, homenagens ou, simplesmente, para festejar qualquer momento que cada um de nós determine como merecedor de um bolo, em qualquer canto deste planeta.
no lar, todo mês, no dia 19, ao voltar da escola, o meu porrinha era recebido com um bolo de mesaniversário: chocolate coberto com brigadeiro mole, salpicado com confeitos. simples assim!!!

para a receita de agora, antes de qualquer providência, acenda o forno à temperatura média - cada forno é um forno. o meu, eu aqueço a 180 graus.
unte uma assadeira - redonda ou quadrada - pequena. caso seja grande, dobre a receita



a massa é batida no liquidificador
6 ovos
8 colheres de sopa de açúcar mascavo ou refinado
6 colheres de sopa de chocolate em pó - caso utilize nescau, diminua a quantidade do açúcar refinado. o mascavo, menos doce, pode manter a mesma quantidade
100g de margarina - 1 tablete forno e fogão
100g de coco ralado
1 colher de sopa de fermento químico

leve ao forno - pré-aquecido - por 30/40'.

faça uma cobertura/recheio
1 lata de creme de leite, sem o soro - preferencialmente, nestlé
6 colheres de sopa de chocolate em pó ou nescau
5 colheres de sopa de açúcar - reduza pra metade, a quantidade, caso utilize nescau
1 colher de sopa de margarina/manteiga

tudo junto na panela vai pro fogo, até ferver e alcançar o ponto de mingau. é rápido!!!
cubra o bolo ainda quente e na forma.
enquanto quente, fica uma delícia acompanhado de sorvete!
ou, espere esfriar, retire da forma, divida em duas partes, recheie e/ou cubra.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

bolo de chocolate



...
(Come chocolates, pequena;
Come chocolates!
Olha que não há mais metafísica no mundo senão chocolates.
Olha que as religiões todas não ensinam mais que a confeitaria.
Come, pequena suja, come!
Pudesse eu comer chocolates com a mesma verdade com que comes!
Mas eu penso e, ao tirar o papel de prata, que é de folha de estanho,
Deito tudo para o chão, como tenho deitado a vida.)
..."
- trecho de, tabacaria, poema escrito por álvaro de campos - um dos heterónimos de fernando pessoa -

ingredientes
2 xícaras de farinha de trigo integral ou branca
2 xícaras de açúcar mascávo ou refinado
1 xícara de leite
6 colheres de sopa cheias de chocolate em pó ou achocolatado - com achocolatado o bolo fica mais leve
6 ovos
1 colher de sopa de fermento em pó

como fazer
ligue o forno a 180 graus - temperatura média.
unte um tabuleiro com margarina e farinha de rosca.
bata as claras em neve, inclua as gemas e bate mais um pouco, coloque o açúcar e continue batendo.
junte a farinha, o chocolate em pó, o fermento, o leite, e bata.
coloque no tabuleiro untado e leve ao forno pré-aquecido para assar, até que o palito saia sequinho.


enquanto o bolo assa prepare a cobertura
leve ao fogo, mexendo sempre, até que ferva:
2 colheres de chocolate em pó ou achocolatado
1 colher de margarina
meio copo de leite.
derrame quente, sobre o bolo também quente.


requeri/regina claudia

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

tá com frio??? chocolate quente!!!



estamos atravessando uma onde friorenta sem precedentes.
cientificamente, vocês sabem por que sentimos frio???
recolhi uma descrição desse o fenômeno tão familiar e tão indesejado por tantos - não por mim ... adoro o frio.

por que sentimos frio???

proponho que a leitura seja feita, depois, assim que estiverem confortáveis, diante do micro, tomando o chocolate cremoso, bem quentinho, da receita, a seguir.

juntem os ingredientes:
2 ovos separados
1 litro de leite
4 colheres de sopa de açúcar
3 colheres de sopa de chocolate em pó
canela em pó ou gengibre ralado - opcional

como fazer???
leve o leite para ferver e prepare um creme, assim: bata as claras em neve, acrescente as gemas, o açúcar, o chocolate e a canela. misture com cuidado e, reserve.
quando o leite levantar fervura, desligue o fogo misture-o, lentamente, ao creme, misturando bem. acrescente, se quiser, a canela e/ou o gengibre.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

mais sabores e curiosidades ... bolo na caneca

esse tal bolo na caneca é uma invenção assustadora, que deve ser incorporada à cultura gatronômica do planeta ... urgente!!!
lembro que o minha iniciação na culinária doce foi marcada, dramaticamente, por tentativas, erros, e mais tentativas, e mais erros, arriscando minha reputação com receitas de bolo, com receitas de coberturas pra bolo, ... uma lástima!!!
romper a criatividade, e enfeitar um bolo qualquer, simples, quase nada, era o parto da montanha.
enfim, a criança aqui do lar ia crescendo, eu ia ficando mais sabidinha e, não posso negar, nos momentos de aflição, os bolos semi-prontos e as docerias davam a maior força.
por fim, assim como pra montanha da fábula, tudo não passou de muito barulho. hoje em dia, entro na cozinha, ponho os dois pés nas costas, e bato qualquer bolo.

bolo na caneca é uma alquimia interessante. sua base pode ser preparada e armazenada por muitos dias, e eu encontrei um tutorial boleiro que divido com vocês,
aqui.

medidas:
caneca = 300 ml
colher = sopa
colher média = sobremesa
colherinha = café


bolo integral

integrantes
1 ovo pequeno
4 colheres de leite ou do suco de sua preferência
3 colheres de óleo
2 colheres rasas de açúcar
2 colheres rasas de açúcar mascavo
2 colheres de farinha integral
3 colheres de farinha de trigo
1 colherinha de fermento em pó

cobrindo
1 colher de mel
1 colher média de aveia

mãos à obra
ponha o ovo numa caneca e bata com o garfo. acrescente o leite - ou suco de frutas - o óleo, o açúcar e mexa bem. adicione a farinha integral, a farinha de trigo, o fermento e misture devagar, até encorpar. leve ao microondas por 3 minutos na potência máxima.

para cobrir
misture a aveia, o mel e passe a mistura sobre o bolo.


bolo de chocolate - o retorno

quem vai???
2 canecas com capacidade para 150 ml ou 1 caneca com capacidade para 300 ml
1 gema
6 colheres de leite condensado
1 colher de margarina
1 colher de leite
2 colheres de chocolate em pó
5 colheres de farinha de trigo peneirada
1 colherinha de fermento
1 clara batida em neve

cobrindo!!!
deite sobre o bolo, uma mistura de leite condensado e chocolate em pó, o quanto quiser.

como preparar???
este bolo poderá ser assado em forno convencional. para tanto é necessário untar a xícara com óleo ou margarina e farinha de rosca ou de trigo.

em uma tigela ponha a gema, o leite condensado, a margarina, o leite e o chocolate em pó. bata por três minutos. acrescente a farinha de trigo, o fermento, e misture bem. junte a clara em neve e incorpore à mistura, mexendo delicadamente. distribua nas canecas e asse por 25 minutos, a 180ºC, em forno pré-aquecido.

pode ser assado em forno microondas por, apenas, 3 minutos.

depois de assado, e enquanto estiver quente, faça alguns furos com um palito e despeje o leite condensado misturado com o chocolate.
se der tempo ... salpique com granulado de chocolate, ou com granulado colorido.

se uma coisa puxa a outra, se a série de receitas de bolo na caneca está sendo apreciada por crianças, se mencionei esopo, através da fábula, o parto da montanha, se leitura e fantasia são elementos fundamentais na educação e formação dos indivíduos racionais, indico este lugar.

é isso.


aguardem outras receitas.