Mostrando postagens com marcador creme de leite. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador creme de leite. Mostrar todas as postagens

sábado, 30 de maio de 2015

arroz de forno, cremoso e gostoso

ingredientes:
2 cenouras cortadas em cubinhos
um punhado de vagem macarrão cortada em cubinhos
1 xícara de arroz
1 sache de caldo de picanha
140/150 g de chester fatiado cortado em quadradinhos
150 g de muçarela
4 colheres/sopa cheias de queijo parmesão ralado
3 ovos inteiros
1/2 xícara/chá de molho de tomate
1 copo de iogurte natural
1 caixa de creme de leite

preparando:
cozinhe a cenoura e a vagem, em água temperada com o sache de caldo de picanha. reserve a água.
com a água, cozinhe o arroz, acertando o sal.
numa vasilha misture o arroz, a vagem e a cenoura, o chester. misture bem, e deixe esfriar.
acrescente os outros ingredientes, misturando cada um aos que já foram acrescentados.
leve ao forno - médio/alto - pra encorpar e gratinar.

domingo, 22 de setembro de 2013

arroz de forno com frango, cogumelos e uvas

arroz parboilizado aconchegado num refratário untado, escondido por frango temperado com curry, sal e pimenta moída na hora, coberto por cogumelos ​​e uvas, e um molho com creme de leite ... tudo levado ao forno!!!

o blogg explica: é imprescindível que seja o arroz parboilizado, por ele ser pré-cozido.
saiba que o arroz parboilizado possue os mesmos nutrientes do arroz integral e traz um brinde, cozinhar mais rápido.
seu nome deriva das palavras, partial e boiled que, juntas, formam uma terceira palavra, parboiled que quer dizer parcialmente fervido.

este é um prato realmente delicioso de arroz com frango, cogumelos e uvas, combinados em um único lote de bom gosto, e fácil de fazer.

eu escolhi usar pedaços desossados de frango, que serão cozidos, juntamente com o arroz, no caldo de frango alegremente derramado sobre tudo.

ingredientes:
8 pedaços de frango
curry
páprica picante
sal
pimenta moída na hora
250 g de cogumelos paris, frescos, cortados em fatias grossas - eles devem ser refogados na panela que dourou o frango, com alho e cebola
2 xícaras uvas verdes, sem sementes, cortadas ao meio
óleo e manteiga para dourar
2 1/2 xícaras de creme de leite
4 xícaras de caldo de frango/galinha/legumes
3 xícaras de arroz parboilizado

preparando: pré-aqueça o forno em temperatura quente, a 200ºc.
unte com manteiga e óleo, um refratário grande, que possa conter arroz, frango e caldo, e espalhe o arroz parboilizado, cru, em seu interior.

polvilhe os pedaços de frango com curry, páprica picante, coentro, sal e pimenta moída na hora, em toda a sua superfície, e doure o frango na manteiga e no óleo.
cubra o arroz do refratário com os pedaços de frango.

na mesma panela que dourou o frango doure as uvas, sempre mexendo, por 1 minuto. reserve.
doure os cogumelos na mesma panela que dourou frango e uvas, e deixe cozinharem por alguns 2/3 minutos, em sua própria água. reserve. na mesma panela misture o caldo de frango/galinha com o creme de leite. acerte o sal, e adicione a pimenta do reino.

espalhe os cogumelos sobre os pedaços de frango, depois as uvas, e despeje o molho de creme de leite sobre tudo.

se quiser, prepare e deixe na geladeira até o momento de levar ao forno.

leve ao forno para assar e gratinar, por 35/45 minutos, até que tudo esteja dourado.

abracadabra et, voilà!!!

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

lanche com torradas, queijo e legumes ... prático!!!

este lanche é feito coração de mãe, é alegria e festa, e serve quem estiver ao redor.

mas também é nutritivo, saboroso, muito prático e fácil de fazer.
as quantidades vão depender uma da outra: quantidade de pessoas, tamanho da assadeira, quantidade de legumes, de ovos e de creme de leite ... teste o seu olhômetro, ele será o seu melhor aliado.

ingredientes:
legumes e verduras - tudo o que tiver na sua geladeira: alho porró, cenoura e abobrinha, beringela é o que tinha na minha
azeite de oliva ou óleo de girassol - o óleo de girassol é aquele que tem no mercado
1 cebola ralada
3 dentes de alho esmagados
ou
3 colheres de sopa do meu tempero - receita aqui!!!
fatias de torrada integral - a quantidade vai depender do tamanho da assadeira e/ou da quantidade de pessoas
polpa de tomate ou molho pronto
ovos - eles vão acompanhar o tamanho da sua assadeira, a quantidade de fatias de pão, e a quantidade de legumes
creme de leite - pode ser o de caixinha ou o fresco e acompanhará a quantidade de ovos
queijo ralado ou esfarelado - qualquer um: gorgonzola, muçarela, provolone - usei muçarela
ervas e especiarias - pimenta, nós moscada, páprica, orégano, coentro, cebolinha, salsinha

preparando:
pré-aqueça o forno a 200ºc.
unte uma assadeira com azeite ou óleo de girassol.

corte os legumes em pedaços pequenos e refogue em uma panela no azeite/óleo de girassol com cebola/alho/meu tempero. acerte o sal.

com a ajuda de 2 garfos ou do fouêt, bata os ovos em ponto de espuma, e misture com o creme de leite, as ervas e as especiarias, e acerte o sal.

passe uma fina camada de manteiga ou margarina nas torradas de pão integral, e acomode-as na assadeira untada.
espalhe sobre elas a polpa de tomate ou molho pronto. espalhe os legumes refogados, e cubra com a mistura de ovo batido e de creme de leite. polvilhe com o queijo.
asse no forno até que o queijo esteja derretido e dourado.

abracadabra et, voilà!!!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

filé de frango gratinado com creme e repolho

o frango é indulgente comigo, e com a maioria das pessoas, acredito, pois se presta a pratos deliciosos da gastronomia culinária.

juntar frango com repolho pode não ser novidade, mas esta receita rápida, não se parece com qualquer outra que junte os dois elementos.

repolho com um pouco de cebola, um pouco de frango, o creme de leite e tudo assado depois, com um pouco de queijo por cima. parece uma receita fadada ao sucesso ... certo??? pois ela é mágica!!!

ingredientes:
2 colheres - sopa - de manteiga
1 cebola pequena
2 dentes de alho
1/2 couve lombarda/repolho
sal e pimenta a gosto
9 ou 10 filés de frango
1 xícara - chá - de caldo de legumes e/ou de frango - o ideal é preparar um caldo com legumes e frango, bem temperado, com ervas, salsão, etc, ... guardar na geladeira, e utilizar sempre que necessário 200 g de creme de leite leve - 1 caixinha
1 xícara - chá - de queijo parmesão ralado, ou muçarela ralada, ou gorgonzola esfarelado, ou a mistura deles - sugestão do blogg: compre um pouco de cada um dos três, ou de dois deles, e misture, é econômico e fica diferente

preparando:
pré-aqueça o forno a 200ºc.

pique a cebola e o alho finamente e corte repolho.
derreta a manteiga em uma caçarola, frite a cebola, o alho, coloque o repolho e refogue por 5/10 minutos. tempere com sal e pimenta, misture e coloque o repolho refogado em um refratário.

naquela mesma caçarola derreta a outra colher de sopa de manteiga, e cozinhe/doure o frango, lembrando de acertar o sal.
despeje sobre ele o creme de leite e o caldo deixe levantar fervura fervura, incorporando todo mundo, juntando os sabores.

coloque os filés de frango sobre o repolho, no refratário e despeje o creme por cima.
polvilhe com o queijo ralado e asse no forno durante aproximadamente, 15 minutos, ou até que o queijo derreta.

use a imaginação!!! invente!!! exagere!!! divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

sábado, 7 de setembro de 2013

penne gratinado

prato delicioso, massa com creme ...

ingredientes:
500 gramas de macarrão penne
250 g de queijo gruyère, cortado em cubos
250 g de muçarela ralada
250 g de gorgonzola esfarelado
250 gramas de bacon, cortado em cubinhos
1/2 pimentão vermelho, cortado em cubos
1/2 pimentão verde, cortado em cubos
50g de queijo parmesão ralado
2 colheres - sopa - de azeite de oliva
1 lata de creme de leite

preparando:
em uma panela cozinhe a massa ao dente, escorra bem, coloque num refratário, envolva/misture com o azeite de oliva e o queijo parmesão. reserve.

doure o bacon, escorra em papel absorvente e despreze a gordura da panela.
na mesma panela salteie os cubos de pimentão.

misture o queijo gruyère, a muçarela, o gorgonzola, o creme de leite, o bacon, os cubos de pimentão.

despeje a mistura sobre o macarrão e leve ao forno a 200ºc, por 30 minutos até que o queijo derreta e forma leve crosta.

divirta-se!!! porque cozinhar ... é o maior barato!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

gratinado de couscous/cuscuz marroquino com beringela

para o preparo do couscous/cuscuz é bom começar comprando o grão - pode ser qualquer marca, e é possível encontrar no mercado.

o que é o couscous/cuscuz???
é uma semente do norte de áfrica, e é o prato nacional em vários países - tunísia, líbia, argélia, marrocos - e tem suas raízes entre os bérberes/etiópia.

os mais antigos vestígios de couscous foram encontrados na argélia/cabília/região montanhosa. estritamente falando, o couscous/cuscuz é a semente obtida dos grãos de sêmola de trigo duro.

qual é a etimologia da palavra "couscous"???
dizem, vem do idioma bérbere, o "k'seksu", e se refere, tanto ao trigo duro, quanto a um prato popular, cujo ingrediente principal é a semente do couscous.

a preparação do couscous/cuscuz, tradicionalmente, é feita em panela de barro, própria.

o couscous/cuscuz é uma tradição na argélia e no norte africano: casamento, circuncisão, e morte ... ele representa união. é um elo que fortalece a amizade e as alianças familiares e significa hospitalidade, generosidade, e se refere ao princípio fundamental de toda a comunidade humana, a solidariedade.

ingredientes:
200 g de couscous/cuscuz marroquino
600 ml de caldo de legumes
2 berinjelas
3 tomates
150 g de ricota ou gorgonzola esfarelado
4 ovos
80 g de muçarela ou queijo parmesão ralado
200 ml de creme de leite - 1 caixinha
2 cebolas picadas
2 dentes de alho amassados
azeite
manjericão picadinho - corte com uma tesoura
sal a gosto
pimenta moída na hora, a gosto - a não ser que você conheça a procedência da pimenta moída que você comprou, moer na hora garante a qualidade e a autenticidade do produto que, é sabido, sofre nas mãos dos falsificadores

preparando:
pré-aqueça o forno, em temperatura quente - 200ºc - sempre lembrando que de mulher/homem/forno, cada qual sabe do seu.
unte uma assadeira/refratário com azeite de oliva ou óleo de girassol.

corte a berinjela em fatias e refogue no azeite de oliva, em uma frigideira, com alho e manjericão. reserve.

retire a pele, as sementes, corte os tomates em cubos, coloque numa travessa, e adicione, alho, manjericão, sal e pimenta. reserve.

aqueça o caldo de legumes.
em uma tigela, coloque o couscous/cuscuz, adicione uma colher de sopa de azeite de oliva, misture bem para revestir os grãos, cubra com o caldo de legumes aquecido, e deixe descansar por 5/10 minutos. solte os grãos com um garfo e adicione a cebola.
junte metade da berinjela, o tomate, e misture bem.
em uma tigela/jarra, misture o creme de leite, os ovos, a ricota/gorgonzola esfarelado, o manjericão, sal e pimenta, e despeje na tigela onde estão o couscous/cuscuz, a beringela e o tomate, e misture.
coloque a mistura na travessa untada, cubra com o que restou da beringela, polvilhe com queijo ralado. asse por 20 minutos, no forno pré-aquecido.
divirta-se!!! porque cozinhar ... é o maior barato!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

fritada de batatas com ovos

ingredientes:
5 batatas cortadas em rodelas
5 ovos
200 g de muçarela ralada
1 colher do meu tempero - receita aqui!!!
ervas frescas picadinhas - à sua escolha: manjericão, coentro, salsinha, ...
200 g de creme de leite - 1 caixinha
sal a gosto
1 colher - sopa - de margarina derretida
óleo de girassol
preparando:
corte as batatas em rodelas nem finas, nem grossas.
espalhe-as numa frigideira alta, coloque sal, regue com um pouco de óleo, coloque um fundo de água, tampe a frigideira e deixe as batatas cozinharem em fogo médio, até que seque a água e elas deem um fritadinha de leve - não mexa.

enquanto as batatas cozinham, e dourem levemente por baixo, quebre os ovos numa travessa, e bata até criar uma espuminha. acrescente a colher do meu tempero, misture as ervas picadinhas, a muçarela ralada, o creme de leite, a margarina derretida, acerte o sal. misture tudo muito bem.

assim que as rodelas de batatas estiverem do agrado, ou seja, cozidas e levemente douradas embaixo, despeje a mistura de ovos sobre elas, tampe a frigideira, sempre vigiando.

assim que o ovo endurecer na superfície incorpore a/o malabarista escondido em você e, com a ajuda de um prato grande ou de uma tampa de panela, também grande, tente virar a fritada, pra que o lado de cima fique embaixo, e possa ter a chance de dourar levemente ... feito isto ... bom apetite!!!

cozinhar é isto ... uma cena de alegria ... um grande barato!!!

use a imaginação!!! exagere!!! divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

terça-feira, 20 de agosto de 2013

torta de carne seca e creme de milho verde - massa de liquidificador

ingredientes do recheio de carne seca:
1 kg de carne seca - saiba como dessalgar/desfiar carne seca rapidamente
2 colheres - sopa - do meu tempero - a receita está aqui!!!
3 colheres de sopa de óleo de girassol
1 sache de sazon de bacon
1 xícara - chá - de salsa picada
4 tomates picados, sem pele e sem semente - substitua por tomates pelados em conserva, ou molho pronto pedaçudo
1 copinho de requeijão/220 g - de qualquer sabor

ingredientes do recheio de milho verde:
2 colheres - chá - de óleo de girassol
2 colheres - sopa - do meu tempero - a receita está aqui!!!
1 lata de milho verde com a água
250 ml de leite
1 envelope de creme de milho verde
1 caixinha de creme de leite

ingredientes da massa:
18 colheres - sopa - de farinha de trigo ou farinha de arroz - integral ou refinada
1 tablete de caldo de galinha ou outro de sua preferência
5 ovos
3/4 de xícara - chá - de óleo
3 xícaras de leite
150 g de queijo gorgonzola
2 colheres - sopa - do meu tempero - receita aqui!!!
1 1/2 colher - sopa - de fermento químico em pó

preparação e montagem:
pré-aqueça o forno, e unte a assadeira/pirex retangular/alta/grande - a lazanheira é ideal - com óleo. reserve.

prepare o recheio de milho verde:
bata no liquidificador a lata de milho com a água, o envelope de creme de milho verde, o leite. não lave o copo do liquidificador.
aqueça o óleo, acrescente o meu tempero, deixe dourar, abaixe o fogo, e junte os ingredientes batidos no liquidificador. deixe engrossar, acrescente o creme de leite. reserve.

prepare o recheio de carne seca:
o primeiro passo é dessalgar e desfiar a carne seca - saiba como, de maneira rápida e fácil, aqui!!!
numa panela, doure o meu tempero, coloque a carne seca preparada, refogue. acrescente o tomate picado sem pele e sem semente, misture bem, acrescente o sache de sazon de bacon, e meio litro de água. deixe ferver, deixe apurar/reduzir - 15/20 minutos, um pouco mais, um pouco menos, depende do fogão - acrescente o requeijão, e depois a salsa picada, e misture bem. desligue o fogo. reserve.

preparando a massa:
os ingredientes da massa devem ser batidos no mesmo copo do liquidificador não lavado, no qual foram batidos os ingredientes do recheio de milho. acrescente os ingredientes da massa alternadamente, começando pelos líquidos, e finalizando com o fermento.


tudo pronto, só resta acamar massa e recheios na ordem:
  1. metade da massa
  2. recheio de milho verde
  3. recheio de carne seca
  4. metade restante da massa

dica do blogg: já misturei ao recheio de carne seca, pronto, escarola refogada no alho e óleo. fica dos d'uses!!!

use a imaginação!!! exagere!!! divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

caçarola de frango com molho de queijo feta, e ervas frescas

eu quase não sei de alguma forma mais bonita para festejar o fim de semana, do que com uma quente e aconchegante comidinha.

existem pratos que não nos deixam afastar deles.
às vezes, isto inclui também certos molhos, como neste caso.

as partes do frango escolhidas são sobrecoxas ou filés do peito dourados, quase fritos, acompanhados por um molho cremoso, com queijo, cheio de sabores.
um dos meus favoritos pessoais. nunca mais consegui separar desta iguaria ... uma boa idéia, fácil de fazer, e com resultado rápido.

porção pra 2 pessoas, com fartura ... vá em frente!!! se for demais, nada nos impede de guardar as sobras na geladeira ... e eu adoro a comidinha gelada, que sobrou de ontem.

ingredientes:
4 filés de frango - podem ser utilizadas, 4 sobrecoxas desossadas
2 caixinhas de creme de leite - coloco 2 porque gosto assim, quem quiser pode utilizar uma, apenas
100g de queijo feta/cabra e ovelha esfarelado - pode ser substituído por algum queijo saboroso: meia cura, gorgonzola, ... ou outro da sua preferência
1 sache de caldo de galinha caipira
1 dente de alho amassado
tomates cereja
ervas frescas em abundância: tomilho, manjericão, ...
alecrim pra temperar o frango antes de dourar
sal
azeite de oliva
pimenta do reino em grãos, moída na hora, grosseiramente - é sempre bom usar a pimenta do reino em grãos, moída por você, pra ter certeza de estar usando um produto confiável

preparando:
numa panela, que depois servirá pra dourar o frango, frite o dente de alho amassado, num pouco de azeite de oliva, sem tostar, retire da panela. reserve.
corte os filés em pedaços menores, tempere com alecrim e pimenta e, na mesma panela onde fritou o alho, doure o frango com um pouquinho de azeite de oliva. retire da panela. reserve.

daqui pra frente, esta parte da receita será feita com precisão, sem mais delongas:
numa panela - usei a mesma onde fritei o alho, e dourei o frango - misture o creme de leite com o sache de caldo de galinha caipira, junte o dente de alho frito, a pimenta, leve ao fogo, e deixe esquentar.
coloque o queijo feta, esfarelado, no creme de leite, e deixe levantar fervura misturando bem pra incorporar o creme ao queijo, ao alho, ao pozinho do caldo.
finalmente acrescente os pedaços de frango, misture; acrescente os tomates, o tomilho e o manjericão, e misture pra envolve-los com o creme, e fazer com que eles esquentem, acerte o sal. desligue o fogo.

sirva com arroz e salada verde/escarola/alface.

faça um arroz bem gostoso, parboilizado ou integral, acompanhando o modo de fazer indicado pelo fabricante. porém, nada impede você de usar o seu temperinho ... ou o meu, cuja receita você encontra ... aqui!!!

use a imaginação!!! invente!!! exagere!!! divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

domingo, 16 de dezembro de 2012

macarrão com molho de abóbora, manjericão e creme de leite

a macarronada de hoje é com macarrão de arroz no formato de parafuso, e molho de abóbora, manjericão e creme de leite ...

não confundir com o macarrão de arroz japonês, o bifum ... o macarrão de arroz da receita de hoje, aqui no blogg, é um macarrão amarelinho, aparentemente igual ao macarrão de semolina ou ovos ...

o macarrão de arroz não contém gluten ... porque a farinha de arroz não tem gluten ...

eu conheço apenas uma marca de macarrão de arroz no comércio ... o macarrão de arroz é espetacular!!! ele se mantém al dente, mesmo se passar o tempo habitual de cozimento ...
ingredientes:
1kg de abóbora cortada em cubos
2 copos de molho de tomate
1 copo de água
1 caixinha de creme de leite
2 saches de caldo de bacon - acerte o sal, se necessário, usando o próprio sal ou mais saches de caldo de bacon
2 colheres - sopa - de óleo de girassol
3 colheres - sopa - do meu tempero - receita, aqui
3 folhas de louro fresquinhas
1 xícara de manjericão
queijo parmesão ralado ou ricota esfarelada

preparando:
ponha pra ferver, a água/sal que irá cozinhar o macarrão.
numa panela coloque a abóbora, o molho de tomate, a água e deixe ferver.
passado um tempo, assim que a abóbora estiver molinha, desmanche os pedaços de abóbora, acrescente o meu tempero, o manjericão, o louro, acerte o sal, e deixe apurar.
lembre que fogão e marido, cada um sabe do seu.
por fim acrescente o creme de leite. misture, deixe levantar fervura, e desligue o fogo.
cozinhe o macarrão, tempere com o molho e cubra com o queijo parmesão ralado, ou com a ricota esfarelada.

simples assim!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

sábado, 10 de março de 2012

espaguete com molho branco e abóbora/moranga

ingredientes:
1/2 abóbora/moranga - 1,150kg, aproximadamente
400g de creme de leite - 2 caixinhas
1 pote de iogurte natural desnatado
2 copos de leite
2 colheres - sopa - de amido de milho
1 pacote de espaguete - 500g
5 dentes de alho, grandes, amassados - opcional
2 saches de caldo de legumes
sal a gosto
azeite de oliva
salsinha picada
queijo parmesão ralado e/ou gorgonzola esfarelado

preparando:
enquanto prepara o molho, cozinhe o macarrão.
limpe, descasque, corte a abóbora/moranga em cubos.
leve pra panela, coloque água sem cobrir todos os pedaços, acrescente os saches de caldo, azeite a seu gosto, e deixe cozinhar e reduzir a água.
quando estiver cozida e a água tiver quase secado, acrescente mais azeite e o alho, e refogue.
à parte misture o leite ao amido de milho, e despeje sobre a abóbora. deixe engrossar. acrescente o creme de leite, e misture bem. apague o fogo e coloque o iogurte. misture, e tempere o macarrão.
salpique com salsinha, queijo parmesão ralado/gorgonzola esfarelado.

abracadabra et, voilà!!!
requeri/regina claudia

terça-feira, 19 de abril de 2011

torta de salmão ... simples assim


alimentar, a mais primitiva e eficiente demonstração de amor.
alimentar é um ato convivente e uma boa torta se presta a isso, conviver, convidar, convivas, bom sabor, boa convivência.
um feriadão, e eu me arrisquei numa outra invensão culinária, pra tornar ocupadas as bocas, fechando com o prazer e com a plenitude do sabor. na minha dimensão, a cozinha é outro país, e me permite viagens ótimas, em meio a geografias de intermináveis planícies, históricas e ricas em simbolismos, uma alegria dopada, uma alegria a cores, cheiros e sabores. a minha grande contribuição foi juntar ingredientes e festejar, à minha moda, silenciosamente, criando, cozinhando, alimentando.

"o prazer de comer é, desde há muitos séculos, na nossa cultura, um prazer convivial: um prazer que se gosta de usufruir em comum. pode-se comer só e beber só quando se é a isso constrangido para satisfação da necessidade de matar a fome e matar a sede, mas a procura da voluptuosidade do paladar em solitário é um vício que a moral condena. as sociedades utilizam os prazeres da vida para estabelecer ou fortalecer os laços sociais e na maior parte das sociedades a refeição partilhada é um instrumento de sociabilidade. a refeição deverá ser uma celebração, uma festa onde o prazer se divide entre as pessoas. prazer de matar a fome, alegria por tomar contacto com um prato e honrar uma receita necessariamente sacralizada, e de ver os outros comungar com a mesma exaltação.
foi com exaltação e muito prazer que reparti mesa e mantel com todos os meus convidados presentes nesta recolha.
amizades, afinidades e simpatias proporcionaram-me refeições de memória e é dessa memória que aqui dou conta.” disse,
alfredo saramago.

o que sabemos sobre a torta?
o bolo é uma preparação de alimento assado em forma redonda, cujo nome originalmente é descrito como um pão círcular - torta em latim.
a torta é feita com uma crosta de massa enfeitada recheada com uma mistura de carne bovina, de aves, de peixe ou legumes temperada com ervas e ingredientes complementares ou doce, com frutas e creme.
a cobertura é uma redução da mesma massa formando uma capa. mas há aquelas sem tampa, as tortas com bordas elevadas.
tortas se prestam a adaptações, e variadas maneiras de fazer. são versáteis, completas, ricas.
na cozinha medieval -
leia [...] - e do renascimento foi uma receita das mais comuns. redondas, decorativas e grandes, recheadas com carne de ovelha, de bovino, de porco ou com especiarias e uvas passas, recortadas nas bordas e enfeitadas com bandeiras e brasões dos convidados.

o que se diz é que torta é feita em forma redonda e que em forma retangular não é torta. mas, a sabedoria popular mudou esse conceito. torta é todo alimento feito de massa, que ganha recheio, e que vai ao forno para assar/cozinhar.
a receita a seguir é com massa líquida, prática, feita no liquidificador que, sem o recheio, e assado em forma de buraco no meio, se presta a virar um versátil e delicioso bolo salgado. apresente um café fresquinho, e as fatias quentinhas vão querer uma porção de manteiga, requeijão, margarina, ...

medidas:
colher = sopa
xícara = chá

convidados sempre esbanjam energia. estão alegres pelo convite, pela companhia, pela quebra de rotina ... mas tenho um defeito, com ou sem convidados, não sei cozinhar pra pouca boca. as minhas receitas são enormes e, como sempre, pensei numa receita grande que, portanto, precisa de espaço. aconselho o uso de uma assadeira de vidro conhecida como lazanheira
descrita aqui.

aqueça o forno a 180 graus. unte a assadeira com óleo. reserve.

primeiro recheio:

1 colher de margarina ou manteiga
1 colher do meu tempero -
a receita está aqui
1 lata de milho verde batido com a água
250 ml de leite
um pacotinho de creme de milho verde - a sopa de pacotinho
1 caixinha de creme de leite

segundo recheio:

800 g de salmão, limpo, sem a pele, cortado em cubos
azeite
2 colheres do meu tempero -
a receita está aqui
200 gramas de molho de tomate, pronto
1 colher rasa de oregano
azeitonas verdes, sem caroço, cortadas em rodelas

a massa:

18 colheres de farinha de trigo - autorizada a farinha integral na mesma quantidade
1 tablete de caldo de galinha ou outro de sua preferência
5 ovos
3/4 de xícara de óleo
3 xícaras de leite
4 colheres de queijo parmesão ralado ou 150 g de queijo gorgonzola
2 colheres do meu tempero -
a receita está aqui - ou 1 cebola pequena e 3 dentes de alho
1 e 1/2 colheres de fermento químico

confecção e montagem:

prepare o primeiro recheio: bata no liquidificador o milho, o creme de milho e o leite. não lave o copo do liquidificador. reserve.
aqueça o azeite e a margarina - em dupla, evita que a manteiga ou a margarina queimem - acrescente o meu tempero, deixe fritar sem escurecer, abaixe o fogo, e acrescente o creme contido no liquidificador, deixe engrossar, acrescente o creme de leite. reserve.
o segundo recheio: numa panela, esquente o azeite e refogue o
meu tempero, acrescente o orégano, misture, acrescente as azeitonas, misture, acrescente o molho, misture e refogue por mais 3 minutos. acrescente o peixe, misture, espere começar a ferver, e deixe cozinhar por 10 minutos com a penela tampada e o forno brando. reserve.
os ingredientes da massa devem ser batidos no mesmo liquidificador, não lavado, no qual foi batido o milho - truquezinhos culinários benfazejos - alternando os ingredientes, e começando pelos líquidos. mas, ao colocar o fermento, agregue-o à massa misturando com uma colher e dê, apenas, uma batida rápida - 30 segundos.

feito isto resta acamar, massa e recheios, na ordem:

leve para assar no forno pré-aquecido. o tempo, depende de cada forno. forno é feito marido ou mulher, cada um sabe do seu. pra não errar, a partir dos 40 minutos, espete a faca. quando sair limpinha, a torta está assada.

não se acanhe e ponha na conta dos convivas, a coca-cola - zero ou original - ou a cerveja. bebericos essenciais pra esse momento.

sábado, 30 de outubro de 2010

a receita das sete latinhas



a medida é a latinha pequena de conserva. qualquer uma: milho verde, creme de leite, ervilha, ... mormente porque, alguns dos ingredientes desta receita, estarão acondicionados nelas, nas latinhas.

as sete latinhas
1 lata de creme de leite
1 lata de ervilha
1 lata de milho verde - eu utilizo o milho batido, com sua água, no liquidificador
1 lata de qualquer dos ingredientes:
  • peito de frango desfiado
  • sobrecoxa desfiada
  • presunto picado bem miúdo, ou passado no processador, ou ralado
1 lata de champignon em fatias
1 lata de maionese
1 lata de queijo gorgonzola amassado e/ou ricota amassada
1 colher de sopa do meu tempero ... a receita está aqui

como resolver a encrenca
preaquecer o forno na temperatura média - cada forno é um forno. aqui no lar o preaquecimento é nos 180 graus. untar, com óleo de canola, uma forma ou uma travessa de vidro refratário.
em uma vasilha, misturar os ingredientes e, depois de misturados, colocar a mistura na forma, ou refratário untado. salpicar com queijo ralado e levar ao forno.
servir com batata palha, com arroz branco, com variados tipos de pães ...

terça-feira, 28 de setembro de 2010

prepare você um delicioso e prático requeijão cremoso


dentre muitas utilidades nas quais ela se encaixa - esta massa para torta, por exemplo - a receita a seguir pode ser preparada por você, e o resultado estará muito próximo ao do requeijão industrializado, da marca catupiry.

quem entra na panela???
1 litro de leite
1 xícara de chá de amido de milho
200 g de queijo ralado
200 g de ricota amassada
250 g de muçarela ralada
3 colheres de sopa de margarina
1 lata de creme de leite

como se comportam???
numa panela, coloque todos os ingredientes, menos o creme de leite.
em fogo baixo, e sempre mexendo, deixe engrossar.
verifique o sal, retire do fogo e deixe esfriar. já frio, junte o creme de leite, armazene em recipientes com tampa e guarde na geladeira.

é isso.



abracadabra et, voilà!!!