Mostrando postagens com marcador gorgonzola. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador gorgonzola. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

filé de frango gratinado com creme e repolho

o frango é indulgente comigo, e com a maioria das pessoas, acredito, pois se presta a pratos deliciosos da gastronomia culinária.

juntar frango com repolho pode não ser novidade, mas esta receita rápida, não se parece com qualquer outra que junte os dois elementos.

repolho com um pouco de cebola, um pouco de frango, o creme de leite e tudo assado depois, com um pouco de queijo por cima. parece uma receita fadada ao sucesso ... certo??? pois ela é mágica!!!

ingredientes:
2 colheres - sopa - de manteiga
1 cebola pequena
2 dentes de alho
1/2 couve lombarda/repolho
sal e pimenta a gosto
9 ou 10 filés de frango
1 xícara - chá - de caldo de legumes e/ou de frango - o ideal é preparar um caldo com legumes e frango, bem temperado, com ervas, salsão, etc, ... guardar na geladeira, e utilizar sempre que necessário 200 g de creme de leite leve - 1 caixinha
1 xícara - chá - de queijo parmesão ralado, ou muçarela ralada, ou gorgonzola esfarelado, ou a mistura deles - sugestão do blogg: compre um pouco de cada um dos três, ou de dois deles, e misture, é econômico e fica diferente

preparando:
pré-aqueça o forno a 200ºc.

pique a cebola e o alho finamente e corte repolho.
derreta a manteiga em uma caçarola, frite a cebola, o alho, coloque o repolho e refogue por 5/10 minutos. tempere com sal e pimenta, misture e coloque o repolho refogado em um refratário.

naquela mesma caçarola derreta a outra colher de sopa de manteiga, e cozinhe/doure o frango, lembrando de acertar o sal.
despeje sobre ele o creme de leite e o caldo deixe levantar fervura fervura, incorporando todo mundo, juntando os sabores.

coloque os filés de frango sobre o repolho, no refratário e despeje o creme por cima.
polvilhe com o queijo ralado e asse no forno durante aproximadamente, 15 minutos, ou até que o queijo derreta.

use a imaginação!!! invente!!! exagere!!! divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

sábado, 7 de setembro de 2013

penne gratinado

prato delicioso, massa com creme ...

ingredientes:
500 gramas de macarrão penne
250 g de queijo gruyère, cortado em cubos
250 g de muçarela ralada
250 g de gorgonzola esfarelado
250 gramas de bacon, cortado em cubinhos
1/2 pimentão vermelho, cortado em cubos
1/2 pimentão verde, cortado em cubos
50g de queijo parmesão ralado
2 colheres - sopa - de azeite de oliva
1 lata de creme de leite

preparando:
em uma panela cozinhe a massa ao dente, escorra bem, coloque num refratário, envolva/misture com o azeite de oliva e o queijo parmesão. reserve.

doure o bacon, escorra em papel absorvente e despreze a gordura da panela.
na mesma panela salteie os cubos de pimentão.

misture o queijo gruyère, a muçarela, o gorgonzola, o creme de leite, o bacon, os cubos de pimentão.

despeje a mistura sobre o macarrão e leve ao forno a 200ºc, por 30 minutos até que o queijo derreta e forma leve crosta.

divirta-se!!! porque cozinhar ... é o maior barato!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

caçarola de frango com molho de queijo feta, e ervas frescas

eu quase não sei de alguma forma mais bonita para festejar o fim de semana, do que com uma quente e aconchegante comidinha.

existem pratos que não nos deixam afastar deles.
às vezes, isto inclui também certos molhos, como neste caso.

as partes do frango escolhidas são sobrecoxas ou filés do peito dourados, quase fritos, acompanhados por um molho cremoso, com queijo, cheio de sabores.
um dos meus favoritos pessoais. nunca mais consegui separar desta iguaria ... uma boa idéia, fácil de fazer, e com resultado rápido.

porção pra 2 pessoas, com fartura ... vá em frente!!! se for demais, nada nos impede de guardar as sobras na geladeira ... e eu adoro a comidinha gelada, que sobrou de ontem.

ingredientes:
4 filés de frango - podem ser utilizadas, 4 sobrecoxas desossadas
2 caixinhas de creme de leite - coloco 2 porque gosto assim, quem quiser pode utilizar uma, apenas
100g de queijo feta/cabra e ovelha esfarelado - pode ser substituído por algum queijo saboroso: meia cura, gorgonzola, ... ou outro da sua preferência
1 sache de caldo de galinha caipira
1 dente de alho amassado
tomates cereja
ervas frescas em abundância: tomilho, manjericão, ...
alecrim pra temperar o frango antes de dourar
sal
azeite de oliva
pimenta do reino em grãos, moída na hora, grosseiramente - é sempre bom usar a pimenta do reino em grãos, moída por você, pra ter certeza de estar usando um produto confiável

preparando:
numa panela, que depois servirá pra dourar o frango, frite o dente de alho amassado, num pouco de azeite de oliva, sem tostar, retire da panela. reserve.
corte os filés em pedaços menores, tempere com alecrim e pimenta e, na mesma panela onde fritou o alho, doure o frango com um pouquinho de azeite de oliva. retire da panela. reserve.

daqui pra frente, esta parte da receita será feita com precisão, sem mais delongas:
numa panela - usei a mesma onde fritei o alho, e dourei o frango - misture o creme de leite com o sache de caldo de galinha caipira, junte o dente de alho frito, a pimenta, leve ao fogo, e deixe esquentar.
coloque o queijo feta, esfarelado, no creme de leite, e deixe levantar fervura misturando bem pra incorporar o creme ao queijo, ao alho, ao pozinho do caldo.
finalmente acrescente os pedaços de frango, misture; acrescente os tomates, o tomilho e o manjericão, e misture pra envolve-los com o creme, e fazer com que eles esquentem, acerte o sal. desligue o fogo.

sirva com arroz e salada verde/escarola/alface.

faça um arroz bem gostoso, parboilizado ou integral, acompanhando o modo de fazer indicado pelo fabricante. porém, nada impede você de usar o seu temperinho ... ou o meu, cuja receita você encontra ... aqui!!!

use a imaginação!!! invente!!! exagere!!! divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

terça-feira, 9 de abril de 2013

abobrinha com queijo ao forno

curiosos somos nós ...

os frutos imaturos, chamados de courgette ou abobrinha, são o principal produto de cucurbita pepo.

eles são comidos como um vegetal, seja cozido, frito ou recheado, e seus frutos maduros são chamados de abóbora, que ​​descascadas, cozidas e seguindo a tradição anglo-saxônica viram torta de abóbora mas, para nosotros, pode se transformar, num doce pra comer com queijo branco.
as sementes de cucurbita pepo são comestíveis, e o pó de semente de abóbora é usado, na china e nos usa, como um ingrediente pra molhos de salada, e em produtos de panificação.
em alguns países são cultivadas pelos frutos de belas formas, e de rica coloração, mas os frutos dessas cultivares ornamentais - uma cultivar é resultado do melhoramento de uma variedade de planta, que a torna diferente das demais, em sua coloração, porte e resistência a doenças - têm uma casca dura, e não são comestíveis.

abóboras, às vezes, são cultivadas para a alimentação animal.

porém, o nosso foco é a abobrinha recheada ... simples assim!!! vamos a ela!!!

ingredientes:
3 abobrinhas
150 g de queijo gorgonzola esfarelado
150 g de muçarela ralada
1 tomate 1 ovo
azeite de oliva
2 colheres - sopa - do meu tempero - receita, aqui
molho de tomate suficiente pra cobrir as abobrinhas no final
queijo ralado pra finalizar e gratinar - qualquer um da sua preferência
sal, pimenta do reino a gosto

preparando:
pré-aqueça o forno em temperatura nem lá, nem cá ... mediana.

comece lavando e secando as abobrinhas.
corte-as longitudinalmente e escave cuidadosamente o seu interior, retire e pique o miolo. reserve.
coloque as barquinhas de abobrinha numa assadeira, regue com um fio de azeite, salpique com sal e pimenta, e leve ao forno pré-aquecido por 15 minutos. retire do forno, reserve.
numa panela frite, em azeite, o meu tempero - receita, aqui - adicione a abobrinha picada e frite por 5 minutos. reserve deixando amornar.

enquanto isto, o ovo deve ser misturado ao queijo gorgonzola, à muçarela, e ao tomate pelado picado, e tudo deve se juntar à abobrinha refogada, reservada e amornada. acerte o sal, polvilhe com pimenta do reino.

por fim, recheie as abobrinhas retiradas do forno com o preparado de abobrinha, ovo e queijos, cubra cada uma com um pouco de molho de tomate, espalhe o queijo ralado, e regue com azeite de oliva.
leve novamente ao forno, pra gratinar.

divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

sábado, 29 de dezembro de 2012

batata recheada com queijo

pode ser servida como um acompanhamento ou como prato principal.

ingredientes:
6 batatas grandes com cascas
3 dentes de alho picado bem miúdo, ou amassado
3 colheres - sopa - de maionese
queijo gorgonzola
150g de queijo provolone ralado
ervas da sua preferência - opcional - orégano e alecrim, por exemplo


preprarando:
lave as batatas, fure em alguns pontos com o grafo, e leve ao microondas por 7 minutos em potência máxima, ou até que fiquem macias ... ou cozinhe no fogão convencional, até que estejam macias, sem deixar desmanchar, sem deixar que a casca se desprenda.
corte-as em fatias/lascas grossas - 1cm ou 1 1/2cm - sem chegar até o fim, pois, as fatias devem permacer unidas.
misture a maionese ao alho picado/amasado, e às ervas.
passe um pouco da mintura de alho e maionese entre as fatias.
coloque entre as fatias, alternando, queijo gorgonzola e queijo provolone ralado.
lambuze a superfície de cada batata, com o restante da maionese misturada ao alho.
leve para assar em forno pré-aquecido até dourar.

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

cestinhas de massa folhada com agrião e gorgonzola

quando se trata de fim de semana, dormir um pouco mais, pode significar combinar o café da manhã com o almoço - brunch. então é possível preparar pratos mais robustos como grelhados de carne, sopas, tortas ou saladas sofisticadas.

ingredientes:
1 receita de massa folhada - pode ser da comprada pronta
3 colheres de sopa de óleo
400 g de queijo gorgonzola esfarelado ou ricota esfarelada - juntas ou separadas
2 dentes de alho amassados
salsinha picada
2 colheres de chá de tomilho
sal e pimenta
azeite de oliva
2 punhados de agrião
300 g de salmão defumado ou grelhado, na hora, se preferir
alcaparras

preparando:
pré-aqueça o forno a 200º - lembrando sempre que, marido e forno, cada um sabe do seu.
unte forminhas para empadas.
abra a massa em espessura fina. corte a massa em quadrados iguais - 15 x 15 cm, ou de acordo com o tamanho da forminha que você vai utilizar.
coloque 3 pedaços da massa em cada forminha, desordenadamente, as pontas de uma, não precisam coincidir com as pontas da outra.
asse no forno por, aproximadamente, 15 minutos, até dourar.
remova cuidadosamente as massinhas assadas de suas forminhas, e deixe esfriar.
tempere a ricota/gorgonzola com tomilho, alho, pimenta, azeite, sal e salsinha. faça, dentro de cada cestinha de massa assada, uma caminha de agrião, cubra com um bom bocado da ricota/gosgonzola temperada, e com pedaços de salmão. enfeite com alcaparras, das grandes ou das pequenas. se quiser, salpique todo mundo com pimenta do reino ralada na hora.

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

sábado, 10 de março de 2012

espaguete com molho branco e abóbora/moranga

ingredientes:
1/2 abóbora/moranga - 1,150kg, aproximadamente
400g de creme de leite - 2 caixinhas
1 pote de iogurte natural desnatado
2 copos de leite
2 colheres - sopa - de amido de milho
1 pacote de espaguete - 500g
5 dentes de alho, grandes, amassados - opcional
2 saches de caldo de legumes
sal a gosto
azeite de oliva
salsinha picada
queijo parmesão ralado e/ou gorgonzola esfarelado

preparando:
enquanto prepara o molho, cozinhe o macarrão.
limpe, descasque, corte a abóbora/moranga em cubos.
leve pra panela, coloque água sem cobrir todos os pedaços, acrescente os saches de caldo, azeite a seu gosto, e deixe cozinhar e reduzir a água.
quando estiver cozida e a água tiver quase secado, acrescente mais azeite e o alho, e refogue.
à parte misture o leite ao amido de milho, e despeje sobre a abóbora. deixe engrossar. acrescente o creme de leite, e misture bem. apague o fogo e coloque o iogurte. misture, e tempere o macarrão.
salpique com salsinha, queijo parmesão ralado/gorgonzola esfarelado.

abracadabra et, voilà!!!
requeri/regina claudia

sábado, 5 de novembro de 2011

massa ao molho de queijo azul

quando penso nos queijos gorgonzola ou roquefort, os queijos azuis, imagino imediatamente em figurá-los derretidos, envolvendo alguma massa curta, contando com a colaboração de creme de leite fresco, requeijão cremoso e talos cebolinha verde bem cortados, num molho digno de um rei.

os queijos azuis mais famosos, cá pra nós, são o roquefort e o gorgonzola.

o roquefort é originário da região de rouergue/frança, tem formato cilíndrico e pesa uns 3kg, possue casca de cor clara, quase marfim, meio grudenta. seu sabor pode ser picante dependendo do tempo que dura sua maturação, e sua textura é muito macia.

o gorgonzola é de origem italiana e é maturado pelo mesmo fungo do roquefort, o mesmo que fornece, a ambos, o mofo azulado, e lhes confere a característica única e própria dos queijos azuis.
preparando:
cozinhe 1 pacote - 500g - de massa curta.
corte as cebolinhas verdes, finamente.
frite um dente de alho esmagado - opcional - em 1 colher de manteiga, numa panela ou frigideira.
sobre o alho fritado, derrame 2 copos do creme de leite fresco e 1 copo de requeijão cremoso - que seja o catupiry. movimente a panela, gire, mexa, para que o calor se espalhe e faça o creme e o requeijão começarem a borbulhar.
acrescente ao creme, o equivalente a 2 copos do queijo gorgonzola ou do queijo roquefort esfarelados. continue mexendo, sobre fogo baixo, até que todo o queijo se dissolva no creme.
tempere a massa e polvilhe a cebolinha verde picada sobre tudo.

queijos no brasil.com

abracadabra et, voilà!!!
requeri/regina claudia

domingo, 16 de outubro de 2011

fatias de pão italiano, tostadas, com queijo

uma viagem até o interior da frança, e que não tinha intenções gastronômicas, transformou-se numa aula da mais rica gastronomia culinária.
jamais deixei de pensar no assunto, e arrumei um jeito de dividir as descobertas que fiz, o meu assadeira.

na frança, pão - que pão!!! - e queijo de boa qualidade, no forno ou não, com ou sem jambon - presunto - não tem erro.
a fome apertou? ali é o refúgio.
essa combinação tem nome, croque-monsieur, e existe há mais de um século. o nome vira croque-madame, se ganhar um ovo frito.
queijo, na frança, é covardia, e o croque-monsieur, com queijo nativo, é dupla covardia.
a receita conhecida leva queijo ralado sobre pão, presunto e uma mistura de ovos com creme de leite, vai ao forno quente e ninguém morre de fome. vem cá pra conhecer uma receita que eu criei, a partir desse modelo, e também pra saber sobre a origem do croque-monsieur, e de seu companheiro, o croque-madame, e outras histórias.

a receita de hoje é um pouco daquilo. experimente.
ingredientes:
8 fatias grandes de pão italiano - use o filão, suas fatias se acomodam melhor na assadeira
1 1/2 copos de vinho branco seco
500g de queijo gruyère ralado - pode ser usado o parmesão ralado, o gorgonzola ou roquefort esfarelado, muçarela ralada, ou outro de sua preferência
3 ovos
1 caixinha de creme de leite
sal, orégano e pimenta do reino, a gosto
1 xícara - chá - de azeitonas verdes picadas
manteiga ou margarina

preparando:
pré-aquecer o forno em temperatura quente - acima de 200 graus.
derreter a manteiga ou a margarina numa frigideira, e tostar, levemente, as fatias de pão.
coloque-as, lado a lado, numa assadeira revestida com papel manteiga, regue com 1/2 copo de vinho. reserve.
misturar os outros ingredientes - queijo, ovos, creme de leite, pimenta, orégano, azeitonas picadas - e espalhar sobre as fatias de pão.
assar durante 10 minutos em forno pré-aquecido.
enfeite com as folhas de manjericão e com as nozes moídas.

servir no lanche com salada de alface, escarola, rúcula, tomate, cubos de presunto de peru.

enfim, eu dou a idéia, você faz do seu jeito.

abracadabra et, voilà!!!
requeri/regina claudia

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

batata gratinada com queijo gorgonzola ou roquefort

os queijos gorgonzola e roquefort pertencem à categoria de queijos azuis - leia sobre eles, aqui, e aqui.

ingredientes:
500g de batatas de tamanho médio
3 ovos
1 pote de iogurte
1 xícara - chá - de creme de leite fresco
sal
300g de queijo gorgonzola ou roquefort

preparando:
aquecer o forno em temperatura quente - o meu é a 200°.
cozinhar as batatas com casca, durante 10 minutos contando da ebulição. descascar, e cortar as batatas em rodelas.
numa vasilha quebrar os ovos, acrescentar o creme de leite fresco, o iogurte, e bater com um garfo.
colocar as batatas num refratário, e acrescentar a mistura dos ovos batidos sobre as batatas.
espalhar o queijo gorgonzola ou roquefort esfarelado, sobre tudo.
levar ao forno quente durante 15 minutos, ou até que esteja gratinado ao seu gosto.
servir com uma salada que misture alface, escarola, agrião, rúcula, tomates e alguma fruta.

simples assim.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

rigatoni ao forno, com muito molho


a massa e o tomate, são a fraternidade mais harmoniosa e constante na gastronomia culinária do planeta.

o tomate é uma fruta interessante, versátil, bonita, saborosa, deliciosa ... e promove a boa saúde.

o tomate não é um alimento da região do mediterrâneo.
a itália não é seu local de origem.
o tomate é americano, mais precisamente, do oeste da américa do sul, bem ali, naquela área onde ficam o equador, o peru e a bolívia.
as grandes navegações, cristóvão colombo, e a descoberta do novo
mundo, levaram o tomate a enraizar na europa.
não foi de imediato, que o tomate conseguiu conquistar popularidade por lá. desconfiados, os europeus cultivavam a fruta, apenas, como planta ornamental.
enfim, o tempo passou e tudo mudou. o tomate virou fruta de fazer molho, de fazer salada, e passou a ser unanimidade nas mesas, graças ao intercâmbio de culturas, incentivado pelos espanhóis, durante seu domínio sobre o reino de nápoles.
novos sabores invadiram a itália, e a imaginação dos grandes chefes fez do tomate um sucesso.

botanicamente, um tomate - solanum lycopersicum - é o ovário de uma planta com flores, pois é uma fruta ou, mais especificamente, uma baga.
no entanto, uma vez que não é tão doce como outras frutas, e é mais frequentemente servido em saladas ou como prato principal, a maioria das pessoas se refere a ele como um legume.
muitas toneladas de tomates são produzidas no mundo de hoje. há muitas variedades diferentes de tomate. além de vermelho, o tomate pode ser amarelo, laranja, rosa, roxo, verde, branco ...




na receita de hoje combinei o molho de tomate, com um molho à base de leite, creme de leite, ovos e queijo branco.

quem é o rigatoni??? conheça tipos e formatos de massas

a receita!!! rigatoni ao forno, com muito molho.

preparando:
aqueça o forno em temperatura quente.

prepare um molho de tomate:
lave 1 1/2kg de tomates maduros, corte-os em 4 partes, e bata no liquidificador.
numa panela grande frite o meu tempero - receita, aqui - em 1/2 copo de azeite de oliva extra virgem.
acrescente 2 saches de caldo caseiro e uma latinha de extrato de tomate.
deixe fritar, até a massa de tomate ficar com aparência de talhada.
acrescente os tomates batidos, misture, e deixe cozinhar por, mais ou menos, 1 hora, mexendo sempre. não deixe grudar no fundo da panela. desligue o fogo, e acrescente 2 xícaras - chá - de tomates, sem pele, picados. reserve.


cozinhe um pacote de rigatoni, coloque numa forma de vidro refratário.
acrescente 2 colheres - sopa - de margarina, misture bem, pra margarina abraçar todo mundo, e leve ao forno, por 10 minutos.

enquanto isso, frite no azeite de oliva extra virgem, deixando dourar levemente, 1 colher - sopa - do meu tempero - receita, aqui - deixe esfriar, e misture com:
1/2l de leite
1 lata de creme de leite
1 xícara - chá - de queijo fresco picado
4 ovos inteiros
1 bom punhado de salsinha picada
1 bom punhado de cebolinha picada
sal a gosto

retire o rigatoni do forno, acrescente a mistura de leite, creme de leite e ovos, e devolva pro forno pra gratinar.

pra finalizar regue o rigatoni com o molho de tomates reservado, salpique queijo parmesão ou gorgonzola ralado sobre tudo, e devolva ao forno para derreter o queijo.

aqui, o tomate dá um show
o cultivo do tomate
sobre o tomate/português
sobre o tomate/inglês

requeri/regina claudia

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

gnocchi alla romana - simples e delicioso




ingredientes:
750 ml de leite
sal e pimenta a gosto
200g de semolina
1 ovo batido
1/2 colher - chá - de noz moscada
30g manteiga derretida
150g de parmesão ralado
manteiga para untar uma assadeira

preparando:
ligue o forno à temperatura média. no meu é a 180ºc.
unte uma assadeira e um refratário grandes, com manteiga.
numa panela, coloque o leite, o sal e a pimenta. deixe ferver, abaixe o fogo e junte aos poucos a semolina, mexendo sem parar, até que fique uma massa bem consistente.
acrescente o ovo, a noz moscada e um pouco do queijo parmesão ralado. misture muito bem, tire do fogo e despeje sobre a assadeira untada com manteiga, espalhando a massa para que fique com a espessura de, mais ou menos, 2cm de altura.
leve à geladeira até que fique bem firme. retire da geladeira e corte a massa usando uma forma redonda - pode ser um copo, uma xícara de café, ... - ou corte no formato que desejar.
coloque os nhoques sobre o refratário untado, polvilhe o queijo ralado e leve ao forno para gratinar.
sirva, em seguida, sobre o molho de sua preferência ... isso mesmo!!! o molho ficará por baixo, pra que se aproveite a incrível crocância dos gnocchis.

o molho fica ao gosto de cada um. porém, sugiro o meu molho de queijo gorgonzola.

ingredientes:
200g de requeijão catupiry - 1 copocrem
1 lata de creme de leite
400g de queijo gorgonzola esfarelado
300 ml de vinho branco seco
pimenta do reino a gosto

preparando:
leve ao fogo numa panela, o requeijão, o queijo gorgonzola e o vinho. deixe derreter o queijo, mexendo sempre. desligue o fogo e acrescente o creme de leite, sempre mexendo, para que todos os ingredientes fiquem agregados. está pronto!!!

requeri/regina claudia

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

mousse de queijos



mousse é uma deliciosa palavra francesa que traduz outra tão macia e aerada quanto ela ... espuma.

preparar uma mousse, criar uma espuma, significa antecipar o prazer de saboreá-la.
costuma ser uma tarefa culinária envolvente, que instiga o paladar e aflora a inventividade, já que sua criação é dada à versatilidade de ingredientes: maracujá, morango, limão, queijo, aipo, chocolate, paçoca, goiaba, peito de perú, tomate, ... e por aí vamos nós.
sou uma usina de possibilidades na cozinha. criar mousses é bom, fácil, desafiador e compensador.

sua textura de nuvem, fofa e firme, adapta-se a doces ou salgados, e nos remete a frescor e leveza.
a magia não tem limites. preparar uma mousse é o mesmo que criar uma obra de arte elegante e colorida, possível de ser ornada com folhas, flores, frutas.

ingredientes:

200g de queijo branco
200g de gorgonzola
50g de queijo parmesão ralado
2 xícaras - chá - de creme de leite fresco
1/2 xícara - chá - de leite
1 envelope de gelatina incolor e sem sabor preparada conforme as instruções contidas na embalagem
1 farta colher - sopa - do meu tempero [aqui]

preparando:

hidrate a gelatina.

nota: a quantidade de gelatina que está sendo utilizada é indicada para dar à mousse, consistência de mousse. sendo assim, o resultado poderá servir como patê. caso queira uma consistência para corte, dobre a quantidade de gelatina.

separe uma travessa de vidro ou de louça, bem bonita, unte com óleo, retirando o excesso com papel toalha.
feito isso, bata no liquidificador: o leite, o creme de leite, o queijo branco e o queijo gorgonzola. junte o queijo parmesão, bata, e experimente. se necessário acerte o sal.
acrescente o meu tempero e bata mais, para misturar tudo.
por fim, adicione a gelatina. nesse ponto, altere a velocidade do liquidificador, bata em velocidade mais fraca para que agregue com cuidado, ou utilize uma colher.
coloque a mistura na travessa untada com óleo, e leve pra geladeira, onde ficará por quantas horas - 2 ou 3 - forem necessárias para que fique consistente.

criatividade é o que não pode faltar. portanto, preparar uma massa de torta, [aqui] assar, deixar esfriar, e aconchegar a mousse dentro dela, levando à geladeira em seguida, ao servir, provocará muitos elogios. preferindo assim, para que fique apropriado para o corte, poderá ou não dobrar a quantidade de gelatina. depende do seu gosto.
vá por mim!!!

enfeite se/como preferir: com tomates, com nozes, com frutas secas, com queijo gorgonzola esfarelado, com ervas, com azeitonas, rolinhos de presunto de peru, etc

acompanha torradas e damascos secos, alguma bolacha tentadora e tomates secos, pão fresquinho, pão de forma, pão italiano, salada de legumes, salada verde, geléias, compotas, frutas frescas, ... mas o vinho não pode faltar.

sábado, 30 de outubro de 2010

a receita das sete latinhas



a medida é a latinha pequena de conserva. qualquer uma: milho verde, creme de leite, ervilha, ... mormente porque, alguns dos ingredientes desta receita, estarão acondicionados nelas, nas latinhas.

as sete latinhas
1 lata de creme de leite
1 lata de ervilha
1 lata de milho verde - eu utilizo o milho batido, com sua água, no liquidificador
1 lata de qualquer dos ingredientes:
  • peito de frango desfiado
  • sobrecoxa desfiada
  • presunto picado bem miúdo, ou passado no processador, ou ralado
1 lata de champignon em fatias
1 lata de maionese
1 lata de queijo gorgonzola amassado e/ou ricota amassada
1 colher de sopa do meu tempero ... a receita está aqui

como resolver a encrenca
preaquecer o forno na temperatura média - cada forno é um forno. aqui no lar o preaquecimento é nos 180 graus. untar, com óleo de canola, uma forma ou uma travessa de vidro refratário.
em uma vasilha, misturar os ingredientes e, depois de misturados, colocar a mistura na forma, ou refratário untado. salpicar com queijo ralado e levar ao forno.
servir com batata palha, com arroz branco, com variados tipos de pães ...