sábado, 22 de abril de 2017

salada de repolho


o repolho é grande, é barato, alimenta, é saudável, dá saciedade, é refrescante, e esta salada é muito crocante ... deliciosa!!!

ingredientes:
1 repolho médio
2 copos de vinagre branco de boa qualidade
sal
pimenta do reino
azeite de oliva extra virgem
1 colher/sobremesa do meu tempero - receita aqui!!!
água o suficiente

preparando:
numa panela média coloque água pela metade, sal a gosto e o vinagre. leve ao fogo.
retire as folhas externas do repolho que estiverem feias.
cote-o em 4 e retire o miolo. fatie fino cada uma das 4 partes do repolho usando uma faca bem afiada.
coloque na panela onde a água já deve estar quente, quase fervendo. aguarde ferver, deixe por 2 minutos, apague o fogo, tampe a panela e deixe descansar por 10 ou 12 minutos.
escorra, reservando 1 copo da água do cozimento.
leve pra uma travessa com tampa, tempere com o meu tempero, pimenta do reino, azeite e o copo de água reservado.
acerte o sal, misture tudo, deixe esfriar, tampe a vasilha e leve à geladeira.
pronto!!!

abracadabra et, voilà!!!

terça-feira, 14 de março de 2017

minestrone


em italiano, o sufixo one denota "grande" .. então culo/fundo se torna culone, um grande fundo ... naso/nariz torna-se nasone, um grande nariz e minestra/sopa ... claro!!! torna-se minestrone, uma grande sopa ... simples assim!!!
o minestrone é um banquete itinerante da itália que varia de uma região para a próxima ... porém, há uma constante: ele é um harmonioso coro de legumes, lentamente cozidos em fogo baixo ...
em nenhum lugar do mundo existe uma combinação de elementos mais aparente ou evidente do que no minestrone, cujas muitas versões são quase tão úteis quanto um mapa ou calendário ...
a receita abaixo é um modelo da primavera em roma, e uma grande sopa borbulha na panela ... é uma coisa boa, especialmente quando apreciada com um copo de vinho tinto ...

esta sopa grossa de vegetais e macarrão ou arroz pré-cozido, que no primeiro dia serve 8 é feita com:
2 cebolas vermelhas
2 cenouras
2 talos de aipo
40 g de manteiga ou pancetta
4 colheres de sopa de azeite extra virgem
sal
200 g de batatas, descascadas e cortadas
300 g outros vegetais: erva doce / ervilhas / nabo / coração de alcachofra/alho-poró/abóbora
200 g repolho de savoy/crespo ou couve
120 g de tomates frescos ou em conserva pelados
um bom pedaço de parmesão na casca ... a sobra do que foi ralado
400 g feijão branco cozido
150 g de massa curta ou arroz
2 colheres de sopa de parmesão ralado

no segundo dia serve 4, e basta acrescentar:
4 fatias de torrada
azeite extra virgem
2 colheres de sopa de parmesão ralado

preparando:
descasque e corte a cebola, a cenoura eo aipo. em uma panela grande e pesada, em fogo médio-baixo, frite delicadamente no azeite e manteiga/ou pancetta com uma pitada de sal, mexendo de vez em quando por cerca de 8 minutos ou até ficar macia e perfumada.

enquanto isso, descasque e corte as batatas, adicione-as à panela, mexa e cozinhe por 5 minutos. Pique os outros vegetais, pique o repolho/couve, adicione todos estes à panela e cozinhe por mais 5 minutos. adicione os tomates frescos ou pelados - resista ao desejo de colocar mais de meia lata - e a casca de parmesão, misture, adicione 2 litros de água, cubra e deixe cozinhar suavemente por 1½ h.

adicione os feijões. mexa e cozinhe por mais 30 minutos. se você notar que o minestrone está ficando demasiado grosso ou seco adicione um pouco mais de água fervente. uma vez cozido, pesque e retire a casca do parmesão, e tempere tudo com pimenta e acerte o sal.

servir, de duas maneiras: no primeiro dia, sirva metade da sopa com alguma massa curta ou arroz cozido separadamente al dente e talvez um montinho de parmesão ralado; no segundo dia, sirva com torradas ziguezagueadas com azeite e polvilhadas com o parmesão ralado.

a receita é de rachel roddy, uma escritora de comida baseada em roma, e este minestrone é autêntico, real, verdadeiro - fonte: the guardian/28 de fevereiro de 2017.